Estelina: um conto de luz entre o céu e o mar

22/02/2018

Escrito em versos, com rimas suaves e belas ilustrações, "Estelina: um conto de luz entre o céu e o mar" é literatura infantil em forma de poesia. Um conto que permite explorar temas como: respeito às individualidades, bullying, diversidade, autoaceitação, solidariedade, superação... Porque todas as crianças precisam ser abraçadas, acolhidas e encorajadas a descobrir sua maneira de brilhar. Todas precisam saber o quanto são importantes, o quanto são únicas e especiais.

A personagem Estelina é uma estrela-do-mar que vive num oceano de estrelas vaidosas. Ela tem um dos braços comprido como uma cauda e um jeito de nadar atrapalhado. Todas as noites, estrelas-do-mar são lançadas pelo esguicho da baleia gigante, transformando-se em estrelas do céu, ao redor da lua cintilante. Estelina vai precisar de ajuda para encontrar seu lugar no escuro véu das noites estreladas.

A história por trás da história:

A escrita sempre foi uma companheira. Uma escrita livre, descompromissada, nos diários de adolescência, nos cantinhos dos cadernos de escola... uma conversa que se materializava em traços e linhas, um calmante para as ansiedades, anseios transferidos para o papel, em desabafos rabiscados, alguns até hoje guardados, em diários desses com cadeado, coisa de menina com tempo de sonhar.

Hábito que perdi, tempo que passou... Excesso de demandas, ritmo acelerado, a vida se atropelando na própria corrida. Quando a gente cresce, já não há mais tempo para devaneios coloridos no papel. Quando a gente cresce, reserva pouco tempo para as pausas. Pausas que são tão necessárias para se alimentar os sonhos.

A Rebecca nasceu e eu tive que parar. Tive que interromper muitas idas e vindas, tive que frear minha corrida, tive que desacelerar o ritmo para acompanhar o dela, tive que respirar fundo e aprender a esperar (esperar muito!), tive que ter paciência, tive que reaprender a conversar comigo, tive que reaprender a conversar com Deus. Revisitei meus medos, meus anseios e, por fim, fiz as pazes com minha companheira de infância e adolescência, abracei novamente a escrita como quem se reconcilia com um amigo querido.

Este livro foi escrito no hospital, durante um longo período em que ela esteve internada. Foi nesse contexto de apreensão e muitas vezes de desespero, num contexto de luta pela vida, a vida da Rebecca, que a escrita deixou de ser apenas um hobby e tornou-se uma necessidade, a ponto de muitas vezes, sem ter um computador por perto, ter rascunhado, nas folhas das bandejas do almoço de acompanhante, esboços de textos, versos, ideias e resenhas, numa tentativa de preservar a lucidez, num momento em que nada parecia fazer sentido.

O livro foi ilustrado pela minha irmã, que com seu traçado mágico deu vida à história através de desenhos encantadores e tornou possível que esse sonho, nascido no meio do caos, se tornasse real.

Inspirado na Rebecca, nossa estrelinha única e rara, Estelina é um conto de esperança,

um abraço em forma de poema,

um afago literário

dedicado a todas as crianças.

Que a cada uma seja dada a chance de mostrar seu brilho radiante.



Conheça a página One of a Kind no facebook:

Confira o booktrailer do livro no Instagram:

Exemplares disponíveis em:


Últimas postagens: